Novo Condor puxa investimentos em sustentabilidade no varejo

Usina fotovoltaica na cobertura de supermercado CondorNovidades e investimentos no varejo em Curitiba! No bairro Santa Quitéria o Condor Super Center inaugura a 44ª loja da rede – a primeira com forte conceito de sustentabilidade ambiental. O principal investimento neste sentido, R$ 2 milhões, foi na instalação de 1.422 painéis para captação de energia solar na cobertura do prédio de 12 mil metros quadrados. A usina fotovoltaica vai gerar 50 mil KWH de energia elétrica, o equivalente ao consumo de 200 famílias. Com a medida 29 toneladas de CO2 deixarão de ser emitidas por ano na atmosfera da cidade, o que contribui para a não elevação da concentração de gases de efeito estufa – responsáveis pelo aquecimento global. O empresário Pedro Joanir Zonta enfatiza que a cada novo empreendimento a meta é superar a tecnologia empregada no projeto anterior. A loja que está sendo inaugurada também tem toda a iluminação em LED, portas nos balcões de congelados que reduzem em 60% a carga térmica e cobertura com domus prismático, que filtra os raios ultravioleta do sol mas permite a entrada da luz nos ambientes internos. Um sistema de captação de água da chuva garante o reaproveitamento nas descargas dos banheiros e limpeza do piso. O investimento total de R$ 40 milhões abre 250 postos de trabalho. E uma das apostas para a consolidação das vendas é a seção pet numa área exclusiva.

A concorrência também está investindo
Nas próximas semana outra rede de mercados inaugura loja em Curitiba. O Super Telêmaco investiu R$ 5 milhões e vai gerar 100 vagas de empregos. Em fase final de construção no bairro Portão, o empreendimento buscou a diversificação para se diferenciar da concorrência, com inclusão no projeto de Espaço Gourmet, Adega e Bistrô, onde o consumidor poderá fazer pedido ao garçom de alimentos frescos para consumo no local, no balcão ou levar para sua casa. A inauguração está prevista para 7 de outubro.

No bairro Água Verde o Grupo Angeloni também se movimenta. A loja passa por uma modernização da praça de alimentação com instalação de novos fornecedores. O serviço personalizado, com oferta de refeições balanceadas, é diferencial desta nova fase. A empresa também tem loja no bairro Bigorrilho e planeja a abertura mais uma. A loja do bairro Bom Retiro ainda está em planejamento e deve gerar a abertura de 450 empregos diretos. O futuro empreendimento enfrenta a resistência de setores ligados à preservação ambiental e ao patrimônio cultural, que defendem a instalação de um parque urbano nas imediações do terreno onde ficava o antigo Hospital Psiquiátrico Bom Retiro, demolido em 2012, e onde o novo supermercado deverá ser erguido.
 
Negócio de mãe
O acolhimento materno- infantil como negócio! Até sexta-feira, as mães e empreendedoras Carol Soares, fundadora do Programa Gestar, que trabalha atividade física personalizada para gestantes e mamães, Nany Semicek, fundadora da Casa Poppins, Fernanda Friedemann, fundadora do Programa Ciranda, de dança para bebês e Carla Schultz, da Mamain – consultoria materna, realizam uma série de palestras para a família e sobre o universo materno. A conversa vai desde cuidados na gestão, alimentação, sono e massagens para bebês até como empreender neste segmento. O Acolhe-Conexões Maternas tem programação sempre a partir das duas horas da tarde, na Casa Poppins.

Negócio social
O empreendedor social Roberto Pascoal, fundador da OMUNGA – Grife Social, de Joinville e com atuação no sertão do Piauí e África, é um dos vencedores do prêmio TOYP JCI Brasil 2017, promovido pela JCI – Câmara Junior Internacional, criada em 1915, nos Estados Unidos. A organização global de jovens cidadãos cresceu e hoje reúne 200.000 jovens entre 18 e 40 anos de idade em 5.000 comunidades e mais de 100 países ao redor do mundo. Pascoal está sendo indicado para a etapa continental da premiação na categoria Contribuição às crianças, à paz mundial e/ou direitos humanos.

Ajuda para realizar sonhos

Amanda Kissua e Bruna da Costa são refugiadas angolanas estudantes bolsistas do curso de Processos Gerenciais oferecido pelo ISAE em parceria com a ONU.
Amanda Kissua e Bruna da Costa são refugiadas angolanas e estudantes bolsistas do curso de Processos Gerenciais oferecido pelo ISAE em parceria com a ONU.

Liderança e desenvolvimento pessoal, carreira e mercado de trabalho, currículos mais eficientes e empreendedorismo são as práticas oferecidas a estrangeiros, de graça, pelo Programa de Desenvolvimento e Aprimoramento para Imigrantes e Refugiados, pelo ISAE – Escola De Negócios, em Curitiba. Alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), das Nações Unidas, o ISAE oferece ajuda a quem busca um recomeço ou impulso na carreira depois de deixar o país de nascimento. As capacitações são gratuitas, mas a inscrição é obrigatória. O ISAE fica na Av. Visconde de Guarapuava, 2349.

Governança e sustentabilidade
E o Programa de Mestrado Profissional em Governança e Sustentabilidade desenvolvido pelo ISAE – Escola de Negócios, em Curitiba, agora tem o reconhecimento da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), vinculada ao Ministério da Educação. O programa desenvolvido desde 2013 oferece formação aplicada a temas atuais como desenvolvimento sustentável, governança organizacional e pública, inovação e internacionalização e segue as diretrizes dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e os Princípios para Educação Empresarial Responsável (PRME).

Aprenda e ensine Internet das Coisas
Professores de escolas da rede pública e educadores de ONGs podem  participar de capacitação no Samsung Ocean USP, dentro da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). ‘Um dia de Code IoT’ foi lançado em março no ambiente virtual com a missão de popularizar os conceitos de Internet das Coisas (IoT). Agora, as aulas são presenciais, dias 30 de setembro, 9, 21 e 28 de outubro. É só escolher a melhor data, tentar vaga pelo site e preencher os formulários exigidos. Pra quem não está na capital paulista os cursos online continuam sendo ofertados. Da pra consultar neste outro link.

R$ 50 milhões
O turismo de eventos tem endereço no Paraná. Foz do Iguaçu. De acordo com levantamento feito pelo  Iguassu Convention & Visitors Bureau, o setor movimentou R$ 50 milhões na cidade desde o começo do ano. De janeiro a setembro foram 120 congressos e feiras realizados, sendo 14 internacionais. 40 mil pessoas passaram por Foz para participar de eventos nas área de tecnologia, medicina, ciências, esportes, agronomia, construção civil, religião, beleza e turismo. Para o próximo ano 44 eventos já estão na programação da entidade.

Tem uma contribuição para a coluna? Deixa nos comentários! :0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*